23 setembro 2008

Dia de Louvor


A Maria João do blogue Deus em Tudo e Sempre escreveu este texto sobre o Dia de Louvor da Comunidade Luz e Vida.


Agradecendo-lhe por isso, aqui fica a sua vivência desse dia.


O sopro da Vida


Este domingo estive num encontro de oração da Comunidade Luz e Vida, em Fátima. Quem me convidou foi o Joaquim do Que É a Verdade. Abençoada a hora e abençoado ele seja. Foi um dia muito bom de louvor e oração a Jesus e a Maria. Aqui fica um pouco do que vivi e aprendi.


- A Felicidade está dentro de nós. O Amor está dentro de nós. E porquê? Porque Cristo está dentro de nós e só Ele é o verdadeiro Amor. Já olhaste para dentro de ti? Não busques a felicidade e o amor só fora de ti. Sabes o que acontece? Vais viver consoante aquilo e aqueles que encontras. E, quando todos eles partirem, vais sentir-te só e desamparado. Claro que com isto não quero dizer que não deves amar ninguém. Deus não quer isso. Podes e deves amar, mas deves saber amar. Quando perdes alguém, não te esqueças que continuas a ter Amor dentro de Ti. Esta é a verdade. O Amor está dentro de nós, independentemente de quem está ou já passou na nossa vida. Ninguém te pode tirar o Amor e a Felicidade. E quando parece que isso aconteceu, lembra-Te: o Amor está dentro de mim. Vamos dizer a nós próprios: “Vou sair desta solidão, leve o tempo que levar. Deus vai ajudar-me.”

- Deus, ou seja o Amor, está dentro de ti. Com isso não podes fazer nada. Podes abafá-Lo, criar um “deus” feito à tua medida, um “deus” só para de vez em quando, podes negá-Lo, mas Ele continua em Ti, à espera que O deixes amar-te e iluminar-te, através do Seu Espírito.
.
- E não te esqueças que Deus só te dá aquilo de que necessitas. Só permite o sofrimento que consegues aguentar (mesmo que não pareça) e que te leva a aprender e a ver o Bem. Aproveita o que Ele te dá. Não deites fora.

- Para isso tens de deitar fora todo o “entulho” de mágoas, traumas, raiva, ódio, vingança, julgamento, vícios… O Amor só age se esse entulho desaparecer. Costumamos dizer que não conseguimos ser felizes… Só há uma razão para isso: ainda não deitámos fora o “entulho”. Por que o Amor, Deus, está dentro de nós e nada, nem ninguém nos podem tirar a Felicidade e a Paz que Deus tem.

- Mas – perguntas tu – como vou tirar o “entulho”? Há tantos anos que sofro? Muitos dirão ao ler isto: “Eu acredito em Cristo e faço a Sua Vontade, mas continua a haver uma mágoa dentro de mim... Como tiro este “entulho”? Com a ajuda de Deus. Com o tempo. Com a ajuda de quem também já aprendeu a tirar o “entulho” e a deixar o Espírito agir. Vai levar tempo. Podes precisar até de ajuda médica, nos casos dos traumas. Mas vais conseguir. Deus está em ti e o Seu Amor ninguém te o pode tirar. Podes tê-lo abafado. Mas, Ele continua lá á Tua espera, cheio de Misericórdia. Procura uma comunidade de oração. Pessoalmente, já percorri algumas. Todas me ajudaram. Mas, a que mais me tem ajudado a tirar o “entulho” – próprio a qualquer ser humano – é a do Renovamento Carismático.

- Não vás atrás das ideias feitas de que são uns malucos que andam por aí. O Renovamento não é mais do que renovares Deus em Ti. É aceite pela Igreja e há pessoas das mais variadas ordens e institutos que fazem parte destes grupos de oração. É aprenderes a viver Cristo, a teres um compromisso com Cristo e com o teu próximo, a viveres o Evangelho, a aprenderes a carregar as cruzes, que às vezes, são tão pesadas. Há vários grupos por todo o país. Informa-te em http://www.ecclesia.pt/rcc/.


- Atenção: os grupos de oração, se são de Deus, são todos importantes. Falo do Renovamento, porque pessoalmente e para muitas pessoas, foi uma lufada de ar fresco na nossa fé e no Amor por Deus. O caminho para Deus, para o Amor, não tem de passar pelo Renovamento, mas também pode passar por aí, daí ter falado disto. O importante é haver oração, palavra e acção, com compromisso e vivendo Cristo na Sua Amada Igreja.

- As pessoas estão cansadas de lhes falarem de Deus e de não O sentirem. Quantas vezes se vai à missa, se reza, se faz o Bem, mas sentimos que falta algo… Pois, também sei o que isso é. Falta o compromisso e o viver Cristo. Viver o Seu exemplo que nos liberta. Não penses que vais deixar de ter cruzes. A cruz faz parte da vida. Mas, vais sentir-Te amado por Deus e vais senti-Lo como realmente Ele é: Amor. Não apenas como um “deus” de tradições que se cumprem por se cumprir.

- E não te esqueças: Jesus pede-Te um compromisso diário. Um compromisso que nos torna mais livres. Conheces Jesus… Leva-O aos outros com oração, palavra e acção. Se O guardas dentro de Ti, vais abafá-Lo. O compromisso é para todos os baptizados. Não apenas para os padres, freiras e seculares. Não te esqueças do que Jesus te pede: “Ide por todo o mundo, proclamai o Evangelho” (Mc 16, 15) e “E Eu estarei sempre convosco, até ao fim dos tempos” (Mt 28, 20).
Maria João Garcia

Sem comentários: